Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Lily Collins

Christopher Polk

Filha de Phil Collins escreve carta aberta ao pai

A missiva revela a influência que a relação de Lily Collins com o pai teve na sua vida e foi publicada no seu mais recente livro, intitulado Unfiltered: No Shame, No Regrets, Just Me

Lily Collins, filha do artista londrino que integrou os Genesis, redigiu uma carta aberta na qual diz desculpar o pai pelos erros cometidos na relação entre ambos. O texto faz parte de Unfiltered: No Shame, No Regrets, Just Me, a obra da sua autoria publicada esta semana.

Esta carta emotiva da atriz relata alguns episódios de infância que tiveram um forte impacto na sua vida e descreve a relação algo conturbada que teve com o pai.

"Apercebi-me que as minhas maiores inseguranças se deviam a estes problemas com o meu pai. Demorei quase uma década a resolver alguns deles (outros ainda estou a resolver) e finalmente ganhar coragem para lhe dizer o que sinto", escreve a filha de Phil Collins.

Recorde-se que Lily Colins é filha do ex-Genesis e Jill Tavelman, que se divorciaram quando a filha tinha apenas 5 anos de idade. Depois da separação, Phil Collins mudou-se para a Suíça e o contacto com a filha (que permaneceu em Inglaterra) tornou-se cada vez menor.

Num dos capítulos do livro, a que chamou "A Letter to All Dads" ("Uma Carta a Todos os Pais"), Lily conta: "Como o meu pai estava sempre fora, eu não queria fazer nada que o afastasse ainda mais. Então, tornei-me super cuidadosa com aquilo que dizia e como o dizia, com receio que ele pudesse pensar que eu estava zangada ou que não o amava. A verdade é que estava mesmo zangada. Mas sentia a sua falta e queria que ele ficasse comigo."

"Vou ser sempre a tua menina", conclui a atriz, dirigindo-se ao pai.

MD