Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

David Bowie foi o rei póstumo dos prémios BRIT. E foi Lazarus, perdão, Michael C. Hall a receber a coroa

O artista falecido no início do ano passado foi galardoado com dois prémios póstumos nos BRIT Awards deste ano. Para receber o de Melhor Artista compareceu o ator Michael C. Hall, protagonista do musical “Lazarus”

David Bowie foi o grande vencedor dos prémios BRIT. Ao artista inglês, falecido em 2016, foram atribuídos dois dos mais importantes prémios da indústria discográfica inglesa, o de Melhor Artista e o de Melhor Álbum. Para receber o primeiro, acorreu o ator Michael C. Hall, protagonista do musical "Lazarus", um dos últimos trabalhos que Bowie concluiu antes da sua morte.

Hall, que descreveu Bowie como uma inspiração para a sua vida, teve ocasião de gracejar: "Se David Bowie pudesse estar aqui, provavelmente não estaria".

David Bowie recebeu ainda, nos BRIT Awards de ontem, o prémio de Melhor Álbum Britânico. Para o receber, Noel Gallagher chamou ao palco o filho do cantor, Duncan Jones, que homenageou o pai num discurso emotivo.

MD