Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Mick Jagger recusa-se a publicar livro de memórias

O vocalista dos Rolling Stones tem mantido o manuscrito num local secreto

O vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger, terá escrito um livro de memórias - mas recusa-se a publicá-lo. Quem o diz é o escritor e editor John Blake, num artigo para a revista The Spectator.

Blake alega que Jagger mantém o manuscrito num "lugar secreto", tendo-o escito no final dos anos 70, após ter recebido uma avença de um milhão de libras para o fazer - que acabaria por devolver.

Segundo o escritor, Jagger terá sentido dificuldade em escrever este livro de memórias, já que "todos os anos de drogas e deboche apodreceram-lhe de tal maneira o cérebro, que ele não se conseguia lembrar de nada".

O livro terá sido apresentado à editora, mas rejeitado por conter "poucas referências a sexo e a drogas". Blake descreve o manuscrito como "uma pequena obra-prima", e terá mesmo contatado Jagger no sentido de o editar - algo que este recusou, dizendo mesmo que não se lembra de o ter escrito.