Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

André Allen Anjos

Getty Images

Português RAC ganha Grammy de Melhor Remistura

André Allen Anjos vive nos Estados Unidos há mais de dez anos e tornou-se ontem o primeiro português a vencer um Grammy

André Allen Anjos, produtor de música eletrónica a viver nos Estados Unidos, tornou-se o primeiro português a ganhar um Grammy. O músico, que assina com o nome RAC, levou para casa o galardão de Melhor Remistura pela remix de ‘Tearing Me Up’, original de Bob Moses.

“Quando criei este pequeno projeto há 10 anos, nunca pensei estar em palco a aceitar um prémio Grammy”, escreveu o artista na sua página oficial de Facebook, “é de loucos!”. Anjos já tinha sido nomeado para a edição do ano passado, na mesma categoria, com a sua remistura de ‘Say My Name’ de Odesza com Zyra (perdeu para Dave Audé com uma remix de ‘Uptown Funk’ de Mark Ronson e Bruno Mars).

Oriundo do Porto, André Allen Anjos vive nos Estados Unidos há mais de dez anos, tendo criado em 2007 o coletivo RAC (Remix Artist Collective), que entretanto se transformou no seu projeto a solo.

Entre os artistas que já remisturou, encontram-se Lady GaGa, Kings of Leon, Katy Perry, Lana Del Rey ou Yeah Yeah Yeahs. Em 2014, editou o álbum “Strangers”, que incluía o single ‘Let Go’, uma parceria com Kele Okereke, dos Bloc Party, e MNDR, e em 2015 assinou a banda sonora do jogo de computador “Master Spy”.

Recorde-se que, em 2014, o fadista Carlos do Carmo foi distinguido com um Grammy Latino de carreira.