Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Há 25 anos, os Manic Street Preachers queriam vender mais que os Guns N' Roses. Deram-nos “Motorcycle Emptiness” e já valeu a pena

Generation Terrorists, o disco de estreia da banda galesa, foi lançado a 10 de fevereiro de 1992

Generation Terrorists, o primeiro álbum dos Manic Street Preachers, foi editado há precisamente 25 anos.

Antes de 10 de fevereiro de 1992, contudo, o disco já prometia atenção mediática. No ano anterior, os “Manics”, como são conhecidos, tinham lançado singles como “Motown Junk”, "You Love Us" e "Stay Beautiful" e, desde logo, despertaram o interesse da imprensa musical para aquele que - prometia o grupo - iria ser “o melhor álbum rock de todos os tempos”.

As vendas do disco, que chegou ao 13º lugar do top inglês, não atingiriam os 16 milhões de exemplares antecipados pela banda (que assim suplantaria os números de Appetite For Destruction, o álbum de 1987 de uma das maiores referências do grupo, os Guns N' Roses). Contas oficiais dão conta de que a Generation Terrorists foi atribuído o galardão de Ouro, respeitante a 100 mil exemplares vendidos.

"Generation Terrorists", dos Manic Street Preachers, lançado a 10 de fevereiro de 1992

"Generation Terrorists", dos Manic Street Preachers, lançado a 10 de fevereiro de 1992

Misturando hard rock com uma atitude glam e fúria punk, James Dean Bradfield (voz, guitarra), Nicky Wire (baixo), Sean Moore (bateria) e Richey Edwards (guitarra-ritmo) encetavam aí um dos mais notáveis percursos no rock inglês do último quarto de século. Com letras marcadamente políticas, em Generation Terrorists referências como os Clash ou os Guns N' Roses convivem num disco que chegou aos ouvidos de Portugal (onde o grupo atuou pela primeira vez em maio de 1993, na Queima das Fitas de Coimbra) através de um "hino" que perdura até hoje, "Motorcycle Emptiness":

“Stay Beautiful” foi, contudo, o primeiro single do álbum a ser divulgado:

Outros temas que popularizaram o álbum foram "You Love Us" e "Little Baby Nothing" (este último a contar no vídeo com a ex-estrela porno Traci Lords), exemplo de diferentes estéticas na banda:

Generation Terrorists conta com letras de Wire e Edwards, este último dado como desaparecido a 1 de fevereiro de 1995. Até hoje, o corpo do músico não foi encontrado.

Os Manic Street Preachers encontrariam sucesso mais significativo ao quarto álbum, Everything Must Go, de 1996, a que se sucedeu o ainda mais bem-sucedido This Is Our Truth, Tell Me Yours, dois anos depois. A banda continua no ativo, tendo lançado o seu 12º álbum, Futurology, em 2014. O último concerto em Portugal data de 2010, no Optimus Alive, em Algés.

MD