Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

“Life in Cartoon Motion”, álbum de estreia de Mika, saiu há 10 anos. Recorde-o aqui

O álbum de “Grace Kelly”, “Relax, Take it Easy” e outros sucessos foi lançado a 5 de fevereiro de 2007

O dia 5 de Fevereiro de 2007 marca o início do caminho de Mika no mundo da música. Editou o seu primeiro álbum, Life in Cartoon Motion e, em poucas semanas, o tema mais emblemático do disco já tinha chegado às primeiras posições da tabela britânica. Falamos de “Grace Kelly”, que não gerou consensos, mas tornou-se na música mais popular do álbum.

Com influências de Freddie Mercury (voz), Elton John (piano) e até Rossini (para compor "Grace Kelly" recorreu à melodia principal da ópera O Barbeiro de Sevilha), Mika almejava encontrar o seu lugar na música pop. Em "Grace Kelly", assume na própria letra as semelhanças com o registo do vocalista dos Queen - "So I tried a little Freddie..." - ao qual vinha sendo comparado.

"Life in Cartoon Motion", de Mika

"Life in Cartoon Motion", de Mika

Até lançar Life in Cartoon Motion (álbum que vendeu perto de 8 milhões de cópias em todo o mundo), o percurso de Mika não foi fácil. Enviou músicas para várias produtoras, mas estas mostraram-se reticentes em apostar na sua irreverência. Apesar das sugestões que recebeu no sentido de aproximar o seu trabalho da "pop convencional" que se fazia, Mika não se conformou. «"Grace Kelly" foi escrita depois de várias pessoas me terem tentado moldar. Fiquei realmente chateado, por isso escrevi esta canção e enviei-lhes por e-mail a letra», revelaria o cantor em entrevista à BBC em 2007.

Seguiram-se outros singles de sucesso como "Big Girl (You Are Beautiful)", "Relax, Take it Easy" e "Lollipop".

Recorde os vídeos:

A 10 de julho de 2008, Mika veio pela primeira vez a Portugal, atuando no festival Super Bock Super Rock. Seguir-se-iam vários regressos, em diversos contextos (concertos de sala, festivais e festas académicas), tendo a última passagem por terras nacionais acontecido no ano passado, no Rock in Rio-Lisboa.

Rita Carmo

MD