Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Mariah Carey

Getty Images

Mariah Carey diz-se “humilhada” e “magoada” e abandona redes sociais

Artista norte-americana voltou a falar sobre a atuação desastrosa na passagem de ano de Times Square

Mariah Carey voltou a falar sobre a sua atuação desastrosa na passagem de ano de Times Square, em Nova Iorque. Numa mensagem áudio partilhada no Twitter, disse: 'eles deixaram-me frustrada. E viram ali uma oportunidade para me humilhar e a todos os que estavam entusiasmados por entrar no Novo Ano comigo".

A artista refere-se aos produtores do programa de televisão Dick Clark's Rockin' New Year's Eve with Ryan Seacrest, para o qual a sua atuação foi filmada. Recorde-se que Carey não estava a cantar ao vivo e devido a um alegado problema com os microfones e auriculares não conseguiu acompanhar o playback. "É uma pena que nos tenham posto nas mãos de uma equipa de produção com problemas técnicos que escolheu capitalizar circunstâncias fora do nosso controlo".

"Não posso negar que fiquei magoada, mas estou a tentar ultrapassar isto e agradeço aos meus fãs e aos meus verdadeiros amigos, que me têm apoiado", diz ainda Mariah, antes de anunciar que se vai retirar das redes sociais: "vou fazer um intervalo dos meus momentos nos media e nas redes sociais".

A artista aproveita ainda para explicar por que razão não cantou ao vivo: "não é prático para um cantor cantar ao vivo e conseguir ouvir-se decentemente no meio de Times Square, com todo o barulho, o frio, o fumo das máquinas de fumo, milhares de pessoas a celebrar...".

Aproveitando para recordar que vai voltar à estrada em março, Carey explica que apesar deste "intervalo" para se dedicar à família e amigos vai continuar a cumprir as suas obrigações profissionais.