Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Lily Allen

Lily Allen: “Só fui sexualmente atacada por brancos”

Cantora envolveu-se numa discussão com um antigo líder neo-nazi britânico

Lily Allen declarou, no Twitter, que ao longo da sua vida só foi "sexualmente atacada por brancos". As declarações surgiram após a cantora se envolver numa discussão com Tommy Robinson, antigo líder da English Defence League, uma organização neo-nazi.

A discussão começou após um jornal britânico se ter referido ao terrorista que matou 39 pessoas numa discoteca em Istambul, na noite de passagem de ano, como um "emigrante". Allen argumentou que a nacionalidade do suspeito ainda não é conhecida das autoridades, tendo Robinson chamado "idiota de m..." à cantora.

Robinson perguntou, então, a Lily Allen se alguma vez conheceu uma vítima daquilo a que chama "gangues muçulmanos de assédio", ao que esta respondeu só ter sido atacada sexualmente por homens caucasianos.

A cantora pediu, então, que os jornais tivessem "mais responsabilidade" ao transmitir uma notícia, escrevendo que "há tarados sexuais e assassinos em todas as culturas, independentemente da sua religião".