Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Uma vida inteira à venda: fã dos Beatles vai leiloar toda a sua coleção

Mais de 15 mil objetos, entre discos, posters e até recortes de jornal, serão colocados à venda

Jacques Volcouve, um francês na casa dos 60 anos que, ao longo de praticamente toda a vida, colecionou peças relacionadas com os Beatles, irá colocar todo o seu espólio à venda.

Segundo Volcouve, a ideia é juntar dinheiro suficiente para poder ter uma reforma confortável - não negando a sua tristeza em ter que se despedir da sua coleção.

O seu "fanatismo" pelos Beatles começou em 1967, quando um amigo do seu irmão lhe sugeriu que ouvisse Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band, álbum da banda britânica editado nesse mesmo ano. "O bicho da Beatlemania mordeu-me e nunca me curei", afirmou Volcouve.

Desde o dia em que ouviu pela primeira vez esse álbum, Jacques Volcouve decidiu colecionar tudo o que tivesse a ver com os Beatles: álbuns, recortes de jornal, livros assinados pelos membros da banda, autógrafos ou posters, entre outos objetos.

A sua reputação enquanto fã cresceu de tal forma que, nos anos 70, e após ligar por várias vezes para uma estação de rádio francesa, de forma a corrigir alguns erros num programa sobre a banda britânica que esta estava a transmitir, passou a ser considerado como o mais importante historiador dos Beatles em França.

"Tudo o que eu queria era partilhar a minha paixão pelos Beatles e certificar-me de que o que diziam sobre eles estava correto", disse.

Volcouve acabaria por, ao longo da sua vida, conhecer não só Paul McCartney como também George Harrison e Ringo Starr, não tendo chegado a conhecer John Lennon - mas tendo-se apresentado a Yoko Ono, viúva deste.

Ao todo, serão para cima de 15 mil as peças que irão agora ser colocadas à venda através da leiloeira Drouot, em Paris. "Para mim, pessoalmente, a importância dos Beatles é a de que enquanto outras bandas dão prazer às pessoas, eles davam-lhes felicidade", justificou.