Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Número de mortos em incêndio durante concerto nos Estados Unidos subiu para 33

As autoridades norte-americanas temem que o número de vítimas mortais ainda possa crescer

O número de vítimas mortais após o incêndio que deflagrou durante um evento de música eletrónica em Oakland, nos Estados Unidos, subiu já para 33.

Entre estas contam-se alguns músicos, caso de Cash Askew, dos Them Are Us Too. Outros três - Joey Casio, Nackt e Cherushii - continuam desaparecidos.

O GhostShip, edifício que albergava um evento da editora independente 100% Silk, ainda não foi inteiramente revistado pelos bombeiros locais - que temem que o número de mortos possa ainda aumentar.

Na noite de sexta-feira, estariam cerca de 100 pessoas presentes no edifício, que também serve de comunidade artística e de residência para alguns músicos. Segundo as autoridades de Oakland, o GhostShip não possuía qualquer sistema anti-incêndios.

De acordo o website Consequence of Sound, o edifício, e seus residentes, estariam na mira do município de Oakland, por suspeitas de estar a ser ocupado de forma ilegal.