Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Os Cure na adolescência: fotos de um tempo que já lá vai

Primórdios da banda britânica recordados em fotografia, ainda antes do sucesso mundial que vieram a alcançar

Em 1976 os The Cure eram apenas mais uma banda a dar os primeiros passos, influenciados pelo então emergente punk rock, já depois de algumas experiências na escola secundária.

O website Dangerous Minds recordou recentemente esse período da banda britânica, ainda antes de Robert Smith pintar os lábios e levar os The Cure ao estatuto de estrelas mundiais com "Boys Don't Cry" ou "Killing An Arab".

Nas fotografias publicadas, podemos encontrar o baterista Lol Tolhurst, o baixista Michael Dempsey e Robert Smith com apenas 17 anos, ou pouco mais que isso, sendo que já então lhes era adivinhado um enorme sucesso: foi por esta altura que assinaram com a Fiction Records, que haveria de editar o seu primeiro álbum, Three Imaginary Boys.

Recorde-se que os The Cure apresentar-se-ão na MEO Arena, em Lisboa, já na próxima terça-feira - bastante mais crescidos que nestes registos, é certo, mas com a qualidade de sempre. Veja aqui algumas das fotos:

Da esquerda para a direita: Lol Tolhurst, Michael Dempsey e Robert Smith

Da esquerda para a direita: Lol Tolhurst, Michael Dempsey e Robert Smith

Da esquerda para a direita: Robert Smith, Michael Dempsey e Mark Ceccagno

Da esquerda para a direita: Robert Smith, Michael Dempsey e Mark Ceccagno

Robert Smith

Robert Smith