Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Músicos mais propensos a sofrer de depressão, diz estudo

71% dos participantes no estudo de uma universidade britânica dizem já ter sofrido ataques de pânico ou elevados níveis de ansiedade

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Um estudo realizado pela universidade de Westminster, em Inglaterra, revela que os músicos e os profissionais da indústria discográfica têm o triplo da probabilidade de sofrerem de depressão, por comparação com o resto da população.

Das mais de 2200 pessoas que responderam ao estudo, 71% responderam que já sofreram ataques de pânico ou altos níveis de ansiedade, sendo que 65% já estiveram deprimidas.

No Reino Unido, a incidência destes problemas de saúde mental na população em geral é de 19%.

Entre as razões para estes problemas, os participantes no estudo referiram a instabilidade do meio, a exaustão física, questões financeiras, assédio sexual e sexismo.

Além dos músicos, que representam 39% dos participantes no estudo, responderam às perguntas da universidade de Westminster managers (9%), membros de editoras (7%), técnicos de som (4%) e trabalhadores que acompanham os músicos na estrada (2%).

Pode ler um resumo do estudo aqui.