Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Sinéad O'Connor

Sinead O'Connor cumpriu 30 dias de reabilitação por dependência de marijuana

A cantora irlandesa saiu esta semana de uma clínica de reabilitação, revelou

O annus horribilis de Sinéad O' Connor, que sobreviveu a tentativas de suicídio e entrou em conflito com a sua família, acusando-a de maus tratos, parece ter chegado ao fim - com a revelação de que a cantora irlandesa esteve numa clínica de reabilitação nos últimos 30 dias, para se tratar do vício em marijuana.

Foi a própria quem o anunciou aos seus fãs, através do Facebook. "Fui viciada em erva durante 30 anos. Agora posso afirmar orgulhosamente que a minha urina está limpa e que ficarei a viver num 'ambiente sóbrio' durante o próximo ano", escreveu.

Mesmo orgulhosa por ter ultrapassado o vício, Sinéad não se desculpa com o mesmo. "34 anos na indústria musical e com tudo aquilo que se passou no último ano... Foi um milagre não ter estado viciada em todas as drogas", afirmou.

O anúncio surge meros dias após Sinéad O' Connor ter dito, também através do Facebook, que foi obrigada a deslocar-se até às urgências do hospital devido a uma reposição hormonal. A cantora alega que o seu fígado foi "acidentalmente cortado".

"Agora sou uma pessoa diferente. Os idiotas dos médicos irlandeses nunca ma recomendaram [à reposição hormonal] mas obtive-a, finalmente, há duas semanas nos EUA. Sinto-me eu outra vez", continuou.