Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Morreu Bobby Vee, estrela pop dos anos 60

O cantor norte-americano ajudou Bob Dylan a entrar no mundo da música. Morreu esta segunda-feira, aos 73 anos

Morreu Bobby Vee, estrela pop nos anos 60 e autor de êxitos como "Rubber Ball" e "Take Good Care of My Baby". Tinha 73 anos e faleceu devido a complicações relacionadas com a doença de Alzheimer, da qual sofria há alguns anos.

Vee foi um dos grandes ídolos dos adolescentes norte-americanos (e não só) da década de 60, tendo iniciado a sua carreira logo após a morte de Buddy Holly, Ritchie Valens e The Big Bopper num desastre de avião, num dia que ficou imortalizado como "o dia em que a música morreu".

O cantor ficou também na história por ter permitido a Bob Dylan a entrada no mundo da música, ao ter contratado o Prémio Nobel da Literatura para ser seu pianista. Apesar de ter dado apenas uma mão cheia de concertos com Vee, Dylan ficou-lhe eternamente reconhecido. Em 2013, homenageou mesmo o cantor durante um concerto no Minnesota: "[Bobby Vee] é a pessoa mais maravilhosa com quem já partilhei palco", afirmou então.

No pico da sua popularidade, Bobby Vee chegou a tocar com os Rolling Stones e os próprios Beatles tinham-no como uma influência, chegando mesmo a fazer uma versão de "Take Good Care of My Baby", numa maqueta de 1962. Vee retirou-se da música em 2012, ano em que foi diagnosticado com Alzheimer.