Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

José Lello (1944-2016): o antigo ministro e deputado socialista que foi vocalista d'Os Titãs

O antigo dirigente socialista, que foi músico nos anos 60, faleceu aos 72 anos

O antigo ministro, secretário de Estado e dirigente socialista José Lello faleceu hoje, no Porto, aos 72 anos.

José Lello foi pela primeira vez eleito deputado em 1983, pelo círculo eleitoral do Porto, mandato que renovou sucessivamente até às eleições legislativas de outubro de 2015.

No seu percurso político, no primeiro executivo liderado por António Guterres, entre 1995 e 1999, desempenhou as funções de secretário de Estado das Comunidades. Em 2002, já no segundo executivo liderado por António Guterres, substitui Armando Vara nas funções de ministro da juventude e do Desporto. José Lello esteve depois na primeira linha política da ascensão de José Sócrates ao cargo de secretário-geral do PS em 2004. Durante a liderada socialista de José Sócrates, entre 2004 e 2011, José Lello foi sempre membro do Secretariado Nacional com o pelouro das finanças e das relações internacionais. No parlamento, exerceu mandatos mais ligados às áreas da Defesa Nacional e dos Negócios Estrangeiros, tendo sido inclusivamente eleito presidente da Assembleia Parlamentar da NATO.

O político teve também um passado ligado à música. Entre 1967 e 1969, José Lello foi o vocalista da banda de yé-yé, Os Titãs, depois de - na tropa - ter feito parte dos Inova 67. Antes, já havia feito parte de Os Cinco Académicos, em 1962, e do Conjunto de Sousa Pinto (onde gravou 3 EPs). Depois da dissolução d'Os Titãs, gravou dois EPs para a editora Alvorada, assumindo quase sempre a autoria de letras e música.

Com Lusa