Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

David Bowie

Leia a resposta de David Bowie à primeira carta que recebeu da América, em 1967

O músico recebeu uma carta de uma jovem fã norte-americana quando ainda estava a dar os primeiros passos

Em 1967, David Bowie ainda não conhecia - nem de longe - a popularidade que viria a ter alguns anos mais tarde, o que não significa que não tivesse granjeado alguns fãs, à altura.

É o caso de Sandra Dodd, uma jovem fã norte-americana que enviou uma carta ao músico após ter ouvido o primeiro álbum deste, homónimo, editado em junho desse ano.

À altura, o músico ainda nem sequer havia atuado nos Estados Unidos - pelo que na carta se nota um grande grau de humildade da sua parte. "Fiquei tão agradado que tive imediatamente de me sentar e escrever uma resposta", diz, na missiva.

"Espero um dia chegar à América. O meu manager conta-me muitas coisas [sobre o país], porque já lá foi várias vezes com outros artistas", escreve ainda, terminando com "obrigado por me escreveres, continua a fazê-lo e conta-me mais sobre ti".

A carta faz parte de um novo livro do escritor Shaun Usher, e inclui, para além da resposta de Bowie, cartas de John Lennon, Bram Stoker (o autor de Drácula), e Winston Churchill. Leia-a aqui, na íntegra.