Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Novo iPhone não vai ter entrada para headphones

Greg Joswiak, vice-presidente da Apple, justifica a decisão dizendo que "é tempo de seguir em frente"

A Apple apresentou, esta semana, o seu novo modelo de iPhone, durante um evento em São Francisco. o iPhone 7 já está disponível em regime de pré-venda, a um preço que ronda os 779 euros.

Contudo, esta nova versão está a ser bastante criticada pelo público, devido à decisão da empresa de retirar a entrada para headphones do aparelho. Em sua substituição estará um adaptador que permitirá ouvir música através de headphones sem fios.

Headphones esses que a Apple também colocará à venda - denominando-os "AirPods", cuja bateria dura até 24 horas. Estes só emitem som quando colocados no ouvido, não necessitando de quaisquer botões.

Apesar da Apple ter dito que foi preciso "coragem" para remover a entrada para headphones, e mesmo tendo o vice-presidente da empresa, Greg Joswiak, dito que esta mesma entrada era "um dinossauro tecnológico, cuja maior inovação foi há 50 anos" e que é tempo de "seguir em frente", são muitos os que criticam a posição da multinacional.

Há mesmo quem afirme que esta decisão da Apple é puramente económica, de forma a vender os seus AirPods ao público, para que este continue a poder ouvir música através do seu smartphone. Outros insurgem-se contra a tecnologia em si, afirmando que a qualidade de som é bastante melhor quando a ligação é feita com fios.