Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Sérgio Godinho regressa com “Sobe o Calor”, canção escrita para filme de Nuno Markl

Novo tema, da banda sonora de Refrigerantes e Canções de Amor, chega hoje às plataformas digitais

Sérgio Godinho está de volta com uma nova canção. "Sobe o Calor" foi composta em parceria com o pianista Filipe Raposo para a banda sonora do filme Refrigerantes e Canções de Amor, filme com argumento de Nuno Markl e realização de Luís Galvão Teles que chega hoje às salas de cinema e no qual o músico também participa.

Sobre o tema, que pode ser escutado abaixo, Godinho diz: "o Luis Galvão Teles ofereceu-me a ocasião soberana de escrever, pela primeira vez, uma canção a meias com o Filipe Raposo, talentosíssimo pianista, e, descubro-o agora, também muito bom compositor", acrescentando, "na letra que fiz para a música dele, andei à volta do tema do calor, dos refrigerantes, e do amor, sempre o amor. Começa e acaba o filme, sendo que no final é cantada por mim".

O músico revela ainda que tem já "outra canção aprazada" com o pianista: "agora, não há como parar".

Refrigerantes e Canções de Amor conta com Ivo Canelas e Victoria Guerra nos principais papéis e com Sérgio Godinho a desempenhar o papel de um assassino contratado. "[É] um pequeno papel de um homem da noite, bigode e cicatriz no rosto, que faz trabalhos duvidosos por encomenda, assassínios incluídos. Há muito tempo que não fazia cinema, e deu-me um forte prazer mergulhar de novo nessas lides".