Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Ozzy Osbourne admite ser “viciado em sexo” e pede desculpa a toda a família

O vocalista dos Black Sabbath estará neste momento a fazer terapia para acabar com o seu problema

Ozzy Osbourne encontra-se a fazer terapia para acabar com o seu "vício" pelo sexo, que levou a que se separasse por alguns meses da sua esposa de longa data, Sharon Osbourne, após ter tido um caso com outra mulher.

Foi, aliás, esse mesmo caso - com Michelle Pugh, a sua cabeleireira - e o mediatismo em torno do mesmo que o levou a procurar ajuda. "Estou aterrado com o que o meu comportamento fez à mnha família", escreveu no Facebook.

Apesar de Pugh ter dito, em entrevista à People magazine, que Ozzy lhe deu "o maior amor da sua vida", o vocalista distancia-se desses comentários. "Lamento que a Sra. Pugh tenha retirado a nossa relação sexual do contexto", sublinhou.

No programa de televisão norte-americano The Talk, Sharon Osbourne explicou que Ozzy tem estado em terapia há três meses, e irá ser internado após a última digressão dos Black Sabbath. Para a esposa do vocalista, "o vício em sexo é mais embaraçoso que o vício em drogas".

Leia aqui o comunicado de Ozzy Osbourne sobre o assunto: