Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Reunião dos Guns N' Roses está para durar: a agenda de 2017 já está bem preenchida

Dale Skjerseth, gerente de produção da banda, afirmou em entrevista que a reunião está para durar

A nova digressão dos Guns N' Roses, que voltou a reunir Axl Rose, Slash e Duff McKagan em palco, está para durar. Isso mesmo afirmou-o Dave Skjerseth, gerente de produção da banda norte-americana.

Segundo Skjerseth, a Not In This Lifetime Tour continuará em 2017, ano em que, presumivelmente, passará pela Europa. "Foi-me dito que não havia ainda um fim para a digressão. E já vi bastantes datas marcadas para o ano que vem", revelou.

O gerente desvendou ainda o quão trabalhoso é montar um espetáculo dos Guns N' Roses. Por exemplo, a equipa da banda emprega 125 pessoas, divididas por seis autocarros e vinte camiões. Construir o palco demora cerca de 36 horas.

Skjerseth afirmou também que as relações entre músicos estão "boas", sendo que o único motivo pelo qual partilham salas diferentes nos bastidores é o facto de andarem em viagem com as suas famílias.

Para já, o último concerto da Not In This Lifetime Tour está marcado para o dia 26 de novembro, com um concerto em San José, na Costa Rica. Em maio, aquando do concerto dos AC/DC no Passeio Marítimo de Algés, Axl Rose garantiu aos fãs que os Guns N' Roses viriam a Portugal.