Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

“The Early Years 1965-1972” e os seus conteúdos

Pink Floyd abrem a arca do tesouro

Vinte e sete discos com música e vídeo inéditos ou raros dos Pink Floyd vão ser editados dia 11 de novembro. “The Early Years 1965-1972” é a maior abertura de sempre dos arquivos da banda inglesa e será um acontecimento editorial

A maior edição de sempre de material de arquivo inédito dos Pink Floyd vai acontecer no dia 11 de novembro com o lançamento de “The Early Years 1965-1972”, uma caixa de 27 discos (CD e DVD/blu-ray) contendo mais de 20 canções nunca antes editadas, sete horas de gravações áudio ao vivo aqui reveladas pela primeira vez e cerca de cinco horas de imagens raras de concertos.

Esta edição da Pink Floyd Records com distribuição da Warner Music apresentará sete embalagens individuais em formato de livro (que serão vendidas separadamente no início de 2017, com a exceção do volume bónus que é um exclusivo da caixa). Incluem 130 faixas com um total de 12h33 de áudio e 15h35 de vídeo. Os conteúdos provêm de filmagens televisivas, gravações de rádios e de estúdios, concertos, entrevistas, telediscos e muitos arquivos da banda, incluindo outtakes e demos. Destaque para os temas ‘Vegetable Man’ e ‘In The Beechwoods’, ambos de 1967, que foram agora misturados.

A caixa conterá também os primeiros cinco singles de 7’’ em capas fac-similadas, memorabilia, e três dos mais famosos filmes para os quais os Pink Floyd fizeram a banda sonora (“The Committee”, 1968, de Peter Sykes, “More”, 1969, e “La Vallée”/“O Vale dos Perdidos”, 1972, ambos de Barbet Schroeder).

Além desta edição de luxo estará disponível no mesmo dia uma seleção em 2 CD, “The Early Years – CRE/ATION”, com 19 inéditos.

Os Pink Floyd em 1967

Os Pink Floyd em 1967

Vic Singh

O primeiro volume da caixa, ‘1965-1967 CAMBRIDGE ST/ATION’, cobre o período em que a banda foi liderada por Syd Barrett e contém as demos que antecederam o contrato com a EMI em 1967, os singles que não foram incluídos no primeiro álbum, “The Piper at the Gates of Dawn”, e a gravação de um concerto de 67 em Estocolmo. Refira-se a presença dos seis temas de 65 com o guitarrista Rado Klose que foram pela primeira vez editados num duplo single no dia 27 de novembro do ano passado, numa ação relâmpago para evitar que os seus direitos caíssem em domínio público antes da edição de “The Early Years”. O DVD/blu-ray contém, entre outro material, filmagens de concertos no UFO em Londres.

O segundo volume, ‘1968 GERMIN/ATION’, cobre o período de transição com a saída de Syd Barrett e a entrada de David Gilmour. Destaque para uma sessão recentemente descoberta nos estúdios da Capitol Records em Los Angeles. Na parte audiovisual sobressai o promo clip restaurado de ‘Point Me at the Sky’.

O terceiro conjunto de discos, ‘1969 DRAMATIS/ATION’, é um dos mais importantes pois revela a produção ao vivo ‘The Man’ e ‘The Journey’, cujas canções acabaram divididas por “More” e “Ummagumma”. Teremos performances em Amesterdão e em Londres (BBC), e músicas da banda sonora de “More” que foram usadas no filme mas não incluídas no disco. O DVD/blu-ray revela 20 minutos de um ensaio de ‘The Man’/ ‘The Journey’ no Royal Festival Hall, que inclui ‘Afternoon’ (que iria ser ‘Biding My Time’), ‘The Beginning’ (‘Green Is The Colour’), ‘Cymbaline’, ‘Beset By Creatures of the Deep’ e ‘The End of the Beginning’ (a última parte de ‘A Saucerful of Secrets’) e uma versão de 11 minutos de ‘Interstellar Overdrive’ com Frank Zappa.

A versão em 2 CD, “The Early Years – CRE/ATION”

A versão em 2 CD, “The Early Years – CRE/ATION”

‘1970 DEVI/ATION’ dá um tratamento similar à música da banda sonora que gravaram para “Zabriskie Point”/”Deserto de Almas”, de Michelangelo Antonioni. No mesmo ano, os Floyd editaram “Atom Heart Mother”, cuja primeira interpretação para a BBC com coro e orquestra é aqui publicada. O vídeo contém uma hora de concerto para o canal KQED de São Francisco e a cobertura pela TV francesa da sua participação no festival de St. Tropez.

Nos discos ‘1971 REVERBER/ATION’ estão as demos de ‘Echoes’ e a sua mistura quadrifónica e imagens da performance que fizeram com o Ballet de Marselha de Roland Petit. Mais imagens da colaboração com o coreógrafo surgem no volume de 1970 e continuam em ‘1972 OBFUSC/ATION’, cujo principal atrativo é a primeira edição em CD do áudio de “Pink Floyd Live at Pompeii”, o documentário de Adrian Maben, incluindo a reunião das duas partes de Echoes’ que no filme estão separadas.

O sétimo volume é o bónus ‘CONTINU/ATION’ e tem no CD as primeiras BBC sessions, a música de “The Committee”, e a banda sonora que tocaram em direto em 1969 na BBC TV para acompanhar a ida à Lua da “Apollo 11”.

Ainda não foi indicado preço de referência, mas poderá rondar os 500 euros.