Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Há esperança para Brian Johnson ou Pete Townshend! Perda de audição pode ser reversível, indica estudo

Em conjunto com uma empresa holandesa, um grupo de cientistas está neste momento a trabalhar numa "cura" para a perda de audição

À medida que envelhecemos, a nossa audição vai ficando mais fraca. Tudo por culpa das células presentes no nosso ouvido interno, que nos permitem ouvir aquilo que nos rodeia, e que não se regeneram com o tempo - o mesmo acontecendo quando são expostas a um maior volume de ruído.

Esse processo gradual poderá, eventualmente, ser revertido, de acordo com um grupo de cientistas. Ao fazer testes em ratos de laboratório, estes mesmos cientistas descobriram que era possível implantar células regeneradas no ouvido interno dos animais, que passavam então, e novamente, a ter a capacidade de detectar diferentes frequências.

Para já, a pesquisa ainda se encontra numa fase muito inicial, sendo que poderão passar vários anos - ou mesmo décadas - até que esta descoberta possa ser aplicada a humanos. Neste momento, a empresa holandesa Audion Therapeutics, juntamente com a farmacêutica Eli Lilly, está a tentar provar que o mesmo método usado nos ratos funciona em seres humanos.

Estas serão boas notícias não só para quem sofre de problemas de audição por todo o mundo, mas para os músicos em particular; relembre-se o caso de Brian Johnson, que foi forçado a deixar os AC/DC após ter sido avisado pelos médicos de que, caso continuasse, arriscava a surdez total.