Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Massive Attack tocam “Eurochild” pela primeira vez em 18 anos (e Tricky juntou-se a eles)

A banda britânica utilizou a canção como uma forma de protesto contra a saída do Reino Unido da UE

Os Massive Attack encabeçaram, este fim de semana, o festival British Summer Time, no Hyde Park, em Londres. Um concerto que ficou marcado por duas grandes surpresas: a inclusão de "Eurochild" no alinhamento e a presença de Tricky em palco, para interpretar "Take It There".

A canção, que faz parte de Protection, álbum que os Massive Attack editaram em 1994, não era tocada ao vivo há 18 anos. O seu regresso aos palcos deu-se no Hyde Park como forma de protesto: a banda reagiu, desta forma, à saída do Reino Unido da União Europeia.

Antes da performance, Robert Del Naja desabafou com o público que "não esperava estar a tocar ["Eurochild"] vinte anos depois como se fosse um requiem". O músico mostrou-se ainda "desapontado" com a nova vaga de racismo e populismo que tem assolado o país, logo após o referendo.

Quanto a Tricky, voltou a subir a um palco com a banda, apenas pela segunda vez na história dos Massive Attack (onde começou a sua carreira). O músico interpretou "Take It There", canção presente no último EP do grupo, Ritual Spirit.

Recorde-se que os Massive Attack atuam no próximo dia 15 de julho, no Super Bock Super Rock, em Lisboa, juntamente com os Young Fathers. Os bilhetes diários estão à venda pelo preço de 50 euros, com os passes gerais a custar 95 euros.

Veja aqui os Massive Attack a interpretar "Eurochild" e "Take It There"