Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Primeiro-ministro britânico cita letra dos Smiths no parlamento... mas engana-se

Momento curioso durante uma sessão parlamentar

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, é um conhecido fã dos Smiths - o que não impediu a banda de o repudiar devido às suas políticas, tendo o guitarrista Johnny Marr chegado mesmo a "proibir" Cameron de ouvir as suas canções.

Esta semana, David Cameron esteve no Parlamento britânico a responder às questões dos deputados, poucos dias após o referendo que ditou a saída do Reino Unido da União Europeia, e cujo resultado levou à sua demissão, que acontecerá em outubro.

Uma das questões partiu da deputada Trabalhista Kerry McCarthy, que citou "There Is A Light That Never Goes Out", quiçá a canção mais conhecida da banda, levando Cameron a responder da mesma forma mas... dizendo mal os versos do tema em questão.

Este momento não foi um caso isolado durante a sessão; o NME relata que, após um discurso do líder Trabalhista, Jeremy Corbyn (também sob fogo devido ao resultado do referendo), Cameron ter-lhe-à dito "encontremo-nos às portas do cemitério", numa alusão a "Cemetry Gates".

Veja aqui o erro do primeiro-ministro britânico: