Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

China baniu Lady Gaga

A cantora entrou para a "lista negra" das autoridades chinesas após encontrar-se com o Dalai Lama

A China terá adicionado Lady Gaga à sua "lista negra", impedindo-a assim de atuar no país ou de vender a sua música. Tudo porque a cantora se encontrou com o Dalai Lama.

O encontro deu-se no passado domingo, em Indianápolis, durante uma conferência que juntou os mayors (presidentes de câmara) do país.

Durante a conferência, Lady Gaga e o Dalai Lama abordaram questões como a meditação ou a desintoxicação da humanidade - nada de temas políticos.

O governo de Pequim, contudo, continua a acusar o Dalai Lama de ser "um lobo em pele de monge", vendo-o como "um separatista que pretende instalar um regime teocrático no Tibete".

Logo após o encontro, as autoridades chinesas proibiram as suas canções de serem difundidas, tendo os jornais sido instruídos a condenar Lady Gaga.

Esta não é a primeira vez que a China proíbe um artista pop por se encontrar com o Dalai Lama; no passado, nomes como Maroon 5, Björk ou Oasis sofreram o mesmo tratamento, pelas mesmas razões.

A cantora norte-americana não comentou o caso, mas partilhou o vídeo do seu encontro com o Dalai Lama, na conferência de mayors. Veja-o aqui: