Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Coldplay encerram Glastonbury em grande. Barry Gibb, dos Bee Gees, em palco para cantar “Staying Alive”

A banda britânica encabeçou o último dia do festival, não faltando referências ao Brexit e uma homenagem aos Viola Beach

Os Coldplay deram ontem por encerrado o festival de Glastonbury, com um concerto na Pyramid Stage, o palco principal do evento, perante mais de 100 mil pessoas.

Iniciando o espetáculo com uma referência subtil ao Brexit e aos tempos de incerteza que se vivem hoje em dia pela Europa, recorrendo a um discurso de Charlie Chaplin no filme O Grande Ditador, os Coldplay salientaram o seu amor por este festival, oferecendo um alinhamento repleto de êxitos e algumas surpresas.

Uma delas foi uma versão de "Boys That Sing", tema dos Viola Beach, banda indie que perdeu a vida no passado mês de fevereiro após o carro em que seguiam se ter despistado, na Suécia. Não foi a única homenagem que os Coldplay fizeram: também Muhammad Ali foi lembrado pela banda, durante "Everglow".

Como se não bastasse, ainda houve tempo para responder ao desejo de Michael Eavis, um dos organizadores do festival, que pediu à banda uma canção dos Bee Gees - momento em que entra em cena Barry Gibb, para tocar "To Love Somebody" em formato acústico, e depois "Staying Alive" com toda a banda.

Confira aqui o alinhamento completo do concerto dos Coldplay em Glastonbury, e veja o vídeo da banda a tocar "Stayin' Alive" com Barry Gibb:

O Mio Babbino Caro (Maria Callas) (cassete)
A Head Full Of Dreams (com discurso de Charlie Chaplin)
Yellow
Every Teardrop Is A Waterfall
The Scientist
Birds
Paradise
Everglow
Clocks
Midnight
Charlie Brown
Hymn For The Weekend
Fix You
Boys That Sing (Viola Beach)
Viva La Vida
Adventure Of A Lifetime

Encore:

Kaleidoscope (cassete)
To Love Somebody (Bee Gees)
Stayin' Alive (Bee Gees)
A Sky Full Of Stars
Up&Up
My Way (Claude François)
Up&Up (outro)