Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Prince

“É só por graça de Deus que ainda estou aqui”, disse Prince a uma amiga depois da overdose no avião

O músico estava a ter aconselhamento profissional para tratar a sua dependência de medicamentos quando morreu

Prince estava consciente da sua dependência de medicamentos pouco antes de morrer e terá inclusivamente procurado ajuda profissional, revelou uma amiga. Judith Hill estava lá quando o músico teve uma overdose na semana antes de falecer

Em entrevista ao New York Times, Hill recordou, a propósito do incidente que obrigou a que o avião privado de Prince aterrasse de emergência por este se encontrar inconsciente: "tivémos de aterrar. Não tínhamos nada no avião que o pudesse ajudar".

Quando a amiga o foi visitar ao hospital, o músico terá dito: "é só por graça de Deus que ainda estou aqui. Tive de lutar para sobreviver. Lembro-me de ouvir a tua voz e a do Kirk [Johnson, assistente] ao longe e de dizer a mim próprio 'segue as vozes. Volta ao teu corpo, tens de fazer isso'. O Prince disse que regressar ao seu corpo foi coisa mais difícil que fez na vida".

"Ele estava seriamente à procura de ajuda. Isso é o que me dói mais, porque ele estava a tentar", acrescentou ainda Hill.