Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

A poderosa carta de Frank Ocean sobre o massacre de Orlando

O cantor publicou uma carta onde lamenta não só as vítimas como a discriminação de que a comunidade LGBT é alvo

Frank Ocean partilhou recentemente, na sua página no Tumblr, uma carta onde lamenta não só as vítimas do masacre de Orlando, que ocorreu numa discoteca gay, como também a discriminação de que a comunidade LGBT é alvo.

O músico comparou ainda alguns desses preconceitos e tragédias à sua experiência pessoal, recordando uma história em que o seu pai o tirou à força de um restaurante, porque a empregada que os iria servir era transgénero.

Lembrando igualmente os "irmãos" assassinados no Médio Oriente por violarem a sharia, Ocean diz que "muitos odeiam-nos e desejam que não existíssemos", rematando com uma expressão de desafio: "dizemo-nos orgulhosos e expressamos o nosso amor pelo que somos e por quem somos, porque mais ninguém o fará".

Leia aqui o texto completo de Frank Ocean (em inglês).