Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Ticketmaster condenada a oferecer milhões de bilhetes para concertos

A medida é válida nos Estados Unidos e segue-se a uma ação coletiva contra a empresa de venda de bilhetes

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

A Ticketmaster foi condenada a pagar mais de 350 milhões de euros em bilhetes de espetáculos.

A empresa de bilhetes, que os Pearl Jam processaram em 1995, perdendo o caso em tribunal, aceitou um acordo que passa pela restituição de milhões de dólares aos compradores de ingressos ao longo dos últimos 14 anos.

A medida é válida nos Estados Unidos e segue-se a uma acção coletiva na qual a Ticketmaster foi considerada culpada de cobrar valores excessivos pelos bilhetes de espetáculos.

Na sequência desta decisão, cerca de 50 milhões de pessoas que compraram bilhetes para concertos entre 21 de outubro de 1999 e 27 de fevereiro de 2013 têm agora direito a receber entradas grátis.

Os compradores deverão ter recebido emails a alertá-los para o assunto; contudo, como alerta a imprensa internacional, muitos já não deverão ter o mesmo endereço de email que em 1999, pelo que deverão consultar o seu crédito no site da Ticketmaster.

A lista de espetáculos é porém limitada a uma série de concertos, todos organizados pela Live Nation, em salas detidas por aquela promotora.