Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Caso “Stairway to Heaven”/Led Zeppelin: Jimmy Page e Robert Plant já estiveram no tribunal

John Paul Jones, baixista dos Led Zeppelin, deverá ser testemunha de defesa

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Já começou, em Los Angeles, o julgamento que opõe Michael Skidmore, detentor dos direitos de autor de Randy "California" Wolfe, dos Spirit, a Jimmy Page e Robert Plant, dos Led Zeppelin.

Segundo a Rolling Stone, os dois músicos britânicos estiveram em tribunal na primeira sessão, presidida pelo juiz Gregory Klausner, que estima que o julgamento dure três ou quatro dias.

Entre os jurados, avança a mesma publicação, há um fã dos Led Zeppelin, que em tribunal aproveitou para proclamar o seu "amor por estes dois" (apontando para Page e Plant).

O advogado de acusação, Francis Malofiy, justificou que o caso tenha avançado devido a uma mudança na lei do copyright, em 2014. A seu ver, os Led Zeppelin não só conheciam os Spirit - que lançaram "Taurus" três anos antes de "Stairway To Heaven" - como eram fãs da banda californiana, conhecendo as suas gravações.

A acusação mostrou, em tribunal, os vídeos de ambas as canções, como forma de provar a semelhança entre ambos.

Na resposta, o advogado dos Led Zeppelin, Peter Anderson, alegou que os direitos de "Taurus" não pertencem ao já malogrado Randy "California" Wolfe, mas à empresa Lou Adler's Hollenbeck Music, argumentando ainda que a escala usada em ambos os temas é usada desde o século XVII e é comum a canções como "Michelle", dos Beatles, que também não foram citados pelos Spirit, acrescentou.

Nas próximas sessões, a acusação irá chamar a depor Mark Andes e Jay Fergunson, ambos dos Spirit; o empresário musical Lou Adler e o editor da revista Guitar World, Brad Tolinski, um especialista em Led Zeppelin que em 2013 publicou o livro Light and Shade: Conversations with Jimmy Page.

Em defesa de Jimmy Page e Robert Plant deverá testemunhar o baixista dos Led Zeppelin e um dos seus membros fundadores, John Paul Jones.