Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Dinosaur Jr. tocam Cure e constroem uma jangada rock no NOS Primavera Sound

J Mascis, Lou Barlow e Murph - ou como três homens colocaram, neste segundo dia de NOS Primavera Sound, o rock em indie rock

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Sem apresentações (se não contarmos com o solo improvisado de bateria, no soundcheck a que todos assistimos), sem explicações nem desculpas (por estarem a tocar ao mesmo tempo que o "dinosaur senior", Brian Wilson, por exemplo). Assim começaram os Dinosaur Jr. a destilar a sua eletricidade no palco anteriormente conhecido como Palco ATP, agora apenas palco . (ponto, assim mesmo).

O vento dá uma ajudinha a estes verdadeiros guitar heroes, levando os cabelos épicos de J Mascis e até os caracóis de Lou Barlow a voar em consonância com os decibéis que, com Murph na bateria, produzem e distribuem com fartura.

"Thanks a lot. We got a new song for you" - é com esta simplicidade que Mascis, o incrível homem-riff, apresenta uma das primeiras canções que hoje nos levaram de volta ao tempo em que a parcela rock de "indie rock" queria dizer alguma coisa.

Com o alinhamento colado nos amplificadores Marshall, os Dinosaur Jr. foram claramente das bandas com mais vontade de tocar que vimos no festival até agora. As vozes de Mascis e Barlow mal se ouviam, na maior parte dos temas, mas "Back To Your Heart", "Feel The Pain" ou "Little Fury Things" cumpriram lindamente o seu papel de ligar o público à corrente o agitar: uma hora depois da entrada em palco, tínhamos tido mosh e crowdsurfing e saímos do palco . com os ouvidos a zunir.

Pelo meio, a versão de "Just Like Heaven", dos Cure, maravilhou a plateia e dois fãs em particular - ao nosso lado, a espanhola Cata e o amigo que a acompanhava deliraram com todos os temas, e esta versão em particular. "Já os vi umas dez vezes mas nunca tinha apanhado a canção dos Cure!", contou-nos entusiasmada a seguidora dos Dinosaur Jr., que ainda queria ver PJ Harvey e Tortoise nesta sua primeira visita ao Primavera Sound do Porto.