Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Paul McCartney

Paul McCartney já foi racista

O músico admitiu em entrevista ter utilizado "certas palavras" na sua juventude

Paul McCartney já foi "racista". É o próprio quem o admite, numa entrevista concedida ao jornal britânico Mail On Sunday. O músico explicou que, na sua juventude, utilizava "certas palavras" que agora sabe serem ofensivas.

"Quando eu era miúdo, era-se racista sem saber", disse, explicando: "Era normal usar certas palavras que hoje em dia não se utilizariam. Depois começámos a perceber aquilo que sentiam as pessoas de quem falávamos - no meu caso, os negros".

O músico, que já trabalhou com Kanye West, defendeu contudo o uso deste da palavra "nigger", de cariz bastante ofensivo para com pessoas afro-americanas. "O Kanye é um artista. Ele pode dizer o que quiser", afirmou. "Essa palavra, especialmente para jovens negros, é afectuosa. Isso é bom, tira-lhe a conotação negativa", disse ainda.