Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Para além das “coelhinhas”, a Playboy vai dar-nos música

A revista acaba de entrar no negócio do streaming - mas para adultos, como seria de esperar

A Playboy vai entrar no negócio do streaming, mas não de uma forma que rivalize com o Spotify, a Apple Music ou o Tidal. A revista para adultos lançou recentemente o serviço Playboy Music, uma aplicação para smartphones e tablets.

A originalidade da aplicação em questão está no produto que oferece - que consiste em nada mais, nada menos que vídeos de modelos da Playboy a dançar de forma sensual ao som da música.

No fundo, a Playboy Music disponibiliza videoclips aos seus subscritores, sendo que a música é interpretada ao vivo; ou seja, as modelos em questão não surgem dançando ao som de uma gravação.

Entre os primeiros artistas que colocaram a sua música no serviço contam-se o projeto norte-americano de música electrónica The Flashbulb, bem como a banda de jazz colombiana Monsieur Perine. O preço por mês? 87 cêntimos.