Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Jovem assassinada no Rio de Janeiro depois de concerto de thrash metal

Não se sabem ainda quais os motivos que levaram à morte de Rayzza Ribeiro, de 22 anos

Uma jovem brasileira foi assassinada na passada segunda-feira, no Rio de Janeiro, após ter estado num evento realizado numa escola local.

Rayzza Ribeiro tinha 22 anos e o seu corpo foi encontrado desfigurado e carbonizado, o que dificultou a sua identificação. Foi o irmão da jovem que a reconheceu, pelas suas tatuagens.

Rayzza havia marcado presença num concerto da banda de thrash metal Vingador, onde foi vista pela última vez com vida. A banda homenageou a fã nas redes sociais, afirmando que lhe irá dedicar o concerto que dará no próximo sábado, em Nova Iguaçu.

Numa semana que ficou igualmente marcada, no Brasil, pela violação de uma jovem de 16 anos por um grupo de cerca de trinta homens, os Vingador aproveitaram para criticar "a sociedade machista e extremamente moralista" do país. "Uma menina é morta de forma covarde e brutal e ainda é julgada pela ignorância e pelo ódio dos moralistas, dos conservadores, como culpada", escreveram.

As autoridades desconhecem ainda os motivos que levaram à morte de Rayzza, sendo que para já estão a investigar a possibilidade de se tratar de um assalto violento ou de algum tipo de vingança.