Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Benjamin Clementine

Benjamin Clementine regressa hoje a Portugal

Concerto desta noite do músico britânico realiza-se no Coliseu de Lisboa. Amanhã e sexta canta no Porto e em Coimbra

O músico britânico Benjamin Clementine regressa hoje a Portugal para um concerto no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, depois de ter passado por aquele mesmo palco no festival Vodafone Mexefest em novembro do ano passado.

Amanhã, Clementine toca no Coliseu do Porto e na sexta-feira no renovado Convento São Francisco, em Coimbra, onde o concerto já está esgotado.

Neste regresso, Benjamin Clementine estará acompanhado de uma formação alargada da banda com um quarteto de cordas, bateria e contrabaixo. O músico voltará a estar ao piano.

Músico autodidata, Benjamin Clementine esteve pela primeira vez em Portugal, no verão passado, no festival Super Bock Super Rock, meses depois de ter editado o álbum de estreia, At Least For Now. No final do ano, deu outros cinco concertos, todos esgotados, em Braga, Aveiro, Porto, Lisboa e Faro.

At Least for Now valeu a Benjamin Clementine, de 27 anos, o Mercury Prize 2015, atribuído pela indústria fonográfica britânica.

O músico e poeta nasceu em Londres e, aos 16 anos, saiu de casa. Nesse processo de independência, Clementine viu-se, ainda antes dos vinte anos, em errância em Paris, onde chegou a dormir na rua e a tocar em estações de metro, até ter sido descoberto por uma pessoa ligada à música.

Em 2013, editou o EP Cornerstone, seguido, em 2014, do EP Glorious You. O primeiro álbum, que inclui temas como "Condolence", "London" e "Nemesis", saiu em 2015. Participou ainda no álbum Encores, do músico francês Charles Aznavour, 92 anos, que Benjamin Clementine descreveu como "um deus".

Lusa