Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Korn hoje no Rock in Rio: Metal reluzente

Tornaram-se banda central na vaga nu-metal da viragem do milénio. Outrora “novo”, agora sólido, o metal de Jonathan Davis trará novidades ao Parque da Bela Vista, em Lisboa

É uma longa digressão de quase 50 datas aquela em que os Korn se encontram atualmente envolvidos: arrancou no início de abril na Califórnia, chegará à Europa com a apresentação a 27 de maio em Lisboa e depois estender-se-á até setembro com várias datas na Europa e, de novo, nos Estados Unidos.

Registe-se que no regresso à banda em 2013, depois de oito anos de ausência, o guitarrista Head trouxe um renovado peso ao som dos Korn que já se manifestou em abundância no apropriadamente titulado The Paradigm Shift e que deverá ser levado ainda mais longe no novo trabalho que a Rolling Stone já apontou como um dos 25 álbuns de metal mais aguardados de 2016. James «Munky» Shaffer garantiu, aliás, à Alternative Press que o grupo já tem 10 novas canções com mais ênfase nas guitarras. Já o baterista Ray Luzier explicou ao Las Vegas Sun que a escuta do novo material lhe causa sempre «pele de galinha»: «é arrasador!».

Não será preciso um grande exercício de imaginação para presumir que neste regresso a Lisboa, oito anos depois da sua última passagem (Pavilhão Atlântico, 2008), os Korn tragam na bagagem material deste prometido novo disco bem como, obviamente, momentos chave da sua discografia que já se estende generosamente por onze álbuns.

Na passagem pelo Ozzfest, na reta final de 2015, os Korn assinaram um concerto que abriu com «Blind» e fechou com «Freak on a Leash» passando por temas como «Clown», «Here To Stay» ou «Coming Undone». Quando no ano passado os Korn passaram, juntamente com os Slipknot, pela Newcastle Arena, a revista digital Louder Than War descreveu com rasgados elogios: «quando disparam, os Korn podem ser incríveis e esta foi uma dessas noites», descreveu o repórter Andy Santiago. Lisboa poderá testemunhar uma prestação idêntica: na mesma noite dos Hollywood Vampires, com uma eletrizante atmosfera rock, num palco de dimensões generosas e perante uma plateia avantajada, bandas como os Korn não costumam vacilar, entregando rajada após rajada de riffs, «power chords» e ritmos incessantes que que incitarão a um movimento necessariamente diferente (ou nem tanto) daquele suscitado pelo famoso «tira o pé do chão» de Ivete Sangalo.

ROCK IN RIO, LISBOA
27 DE MAIO

ALINHAMENTO PROVÁVEL

1 Blind
2 Right Now
3 Here to Stay
4 Love & Meth
5 Somebody Someone
6 Falling Away From Me
7 Coming Undone
8 Shoots and Ladders
9 Hater
10 Twist
11 Did My Time
12 Y'All Want a Single
13 Faget
14 Got the Life
15 Freak on a Leash