Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Johnny Depp é acusado de violência doméstica pela mulher

A atriz norte-americana, que se está a divorciar de Johnny Depp, apareceu em tribunal com uma contusão na cara e acusa o ator e músico dos Hollywood Vampire de agressões continuadas

A atriz Amber Heard, com quem Johnny Depp foi casado nos últimos 15 meses, apareceu em tribunal com uma contusão na face, culpando o ator de a ter agredido repetidamente e acusando-o de violência doméstica. Heard, de 30 anos, pediu uma ordem de restrição.

Acompanhada pela advogada, Samatha Spector, Heard levou ao tribunal várias fotos que mostram ferimentos vários que, alega, foram resultado da violência de Depp contra si durante o casamento.

O TMZ publicou uma foto da atriz com uma contusão junto do olho direito, alegadamente causada pelo arremesso de um iPhone por parte do marido.

Amber Heard afirma que Depp lhe ofereceu dinheiro para se manter silenciada, tendo a atriz preferido pedir o divórcio - o que fez esta segunda-feira, três dias depois da morte da mãe de Johnny Depp, Betty Sue.

A advogada de Depp, Laura Wasser, estranha que o pedido de ordem de restrição surja numa altura em que Depp está ausente "desde quarta-feira, a promover o seu novo filme". Acresce dizer que Johnny Depp se encontra em Lisboa, com os Hollywood Vampires, banda com a qual se apresentará esta noite no Rock in Rio Lisboa. Os Hollywood Vampires partilharam hoje esta foto do "sound check" no Parque da Bela Vista:

Sobre o pedido de divórcio, representantes de Depp emitiram um comunicado: "Tendo em conta a curta duração do seu casamento e a morte recente da sua mãe, Johnny não responderá a histórias falsas, rumores, especulações e mentiras acerca da sua vida pessoal. Espera-se que a dissolução do casamento, que foi breve, fique resolvida rapidamente".