Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

O homem que influenciou os Sonic Youth compõe para orquestras de 100 guitarras: veja aqui

Glenn Branca chegará aos 50 anos de carreira em 2017, mas o músico não pretende deixar de procurar "um som específico"

Glenn Branca pode não ser um nome muito conhecido fora do circuito avant-garde, mas a sua influência estende-se até outros campos; os Sonic Youth, por exemplo, devem-lhe muito da sua carreira, tendo Thurston Moore e Lee Ranaldo sido membros do seu conjunto em finais dos anos 70.

Prestes a completar 50 anos de carreira, o compositor diz que ainda está à procura, como tem estado desde os anos 80, "de um som específico. Tenho-o procurado de todos os ângulos", disse, numa entrevista à Esquire. E que som é esse? Branca explica: "é uma questão de juntar vários elementos de forma a que soem integrados. Como um instrumento gigante a tocar uma variedade incrível de música".

O músico diz ainda que, apesar da sua influência e do seu currículo, não é fácil viver da música. "Nunca fiz nada comercial; não compus para filmes e não ensino numa faculdade", afirma, acrescentando que é "um compositor sério: por outras palavras, [está] falido".

Não obstante a sua situação financeira, Branca não desistirá da sua busca. No ano passado, o músico apresentou em Paris mais uma das suas composições para orquestra, intitulada Symphonie n°16: "Orgasm", peça escrita para um conjunto de nada mais, nada menos que cem guitarras eléctricas. Ouça aqui o primeiro movimento, orquestra rock n' roll como poucas: