Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Depois de suspensa no Twitter e penalizada por festival, Azealia Banks pede desculpa por tiradas racistas

“ Usar estereótipos raciais/sexuais para fazer pouco de uma pessoa ou de um grupo é completamente inaceitável”, escreveu Azealia Banks no Instagram

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Na sequência das mensagens insultuosas dirigidas a Zayn Malik, Azealia Banks sofreu várias penalizações, sendo suspensa do Twitter e abandonada pela organização do festival britânico Born & Fred, no qual deveria tocar, mas cujos representantes não se reviram no seu discurso racista e homofóbico.

A rapper nova-iorquina começou por apagar alguns dos seus posts e escrever que não pedia desculpa pelo que tinha dito, mas sim pelo que tinha feito os outros sentir.

Mais tarde, e provavelmente alarmada pelas dimensões das consequências, usou o Instagram para pedir desculpas "ao mundo".

"Já tive tempo para descomprimir e avaliar a situação de forma mais racional. Quero pedir desculpa ao mundo. Usar estereótipos raciais/sexuais para fazer pouco de uma pessoa ou de um grupo é completamente inaceitável e não é divertido para ninguém. Ao permitir que a raiva tomasse conta de mim, consegui insultar milhões de pessoas sem razão. Por isso, peço sinceramente desculpa".

Instagram