Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Misty Fest: a primeira confirmação

Este ano, o festival realiza-se em Lisboa, Porto, Braga, Espinho, Coimbra, Figueira da Foz e, pela primeira vez, em Leiria, Torres Novas e Évora

O cantor e compositor Piers Faccini arranca , no dia 1 de novembro, em Lisboa, no cinema São Jorge, o Festival Misty, num concerto em que apresenta o seu novo álbum, a editar em outubro, foi hoje anunciado.

A sétima edição do Misty Festival irá decorrer de 1 a 13 de novembro, em Lisboa, Porto, Braga, Espinho, Coimbra, Figueira da Foz e, pela primeira vez, em Leiria, Torres Novas e Évora, adiantou à Lusa fonte da organização.

O Misty Fest é um "festival de caráter diferenciado e único, com uma programação que explora dimensões menos exploradas dos outros festivais", segundo a mesma fonte.

O espetáculo no São Jorge marca a terceira vinda a Portugal de Piers Faccini, cantor, artista plástico e compositor inglês.

"À semelhança do ano passado, mais uma vez o Misty oferece a primeira sessão a um cantautor, este Piers Faccini, filho de pai italiano e mãe inglesa, com vivências de juventude em França, um artista cujos ambientes sonoros retratam formas de cruzar e esbater fronteiras pelos universos das palavras-sons que produz, como mapas que se estendem pelo lado 'mouro Inglês', às dunas do Saara até às planícies do Mediterrâneo", afirma a produtora Uguru, que organiza o festival.

Piers Faccini conta seis álbuns já publicados, Leave No Trace (2004), Tearing Sky (2006), Two Grains of Sand (2009), My Wilderness (2011), Between Dogs & Wolves (2013) e Songs of Time Lost (2014).

Faccini tem colaborado regularmente com vários músicos e cantautores como Ballaké Sissoko, Vincent Segal, Ben Harper, Rokia Traore, Patrick Watson e Ibrahim Maalouf, entre outros.

AGÊNCIA LUSA