Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Beatport

Beatport abandona streaming e volta a concentrar-se na loja

Plataforma digital foi comprada pela SFX, sócia do Rock in Rio, em 2013

A Beatport vai abandonar o streaming e concentrar-se novamente na loja digital de música. A plataforma foi comprada pela SFX Entertainment, empresa que também é sócia do Rock in Rio, em 2013, por 50 milhões de dólares (44 milhões de euros).

Desde que foi comprada, a Beatport deixou de ser apenas uma loja e passou a ter serviço de streaming, uma app para telemóveis, uma plataforma de streaming de vídeo em direto e um canal de notícias de música de dança.

Num momento em que se falava que ia ser novamente vendida, foi anunciado o seguinte: "com os nossos esforços para sermos tantas coisas diferentes, acabámos por descurar a nossa missão de levar o melhor serviço possível ao nosso cliente mais fiel: a comunidade de DJs. Posto isto, decidimos investir naquilo que é mais importante para o nosso negócio e os nossos clientes, em vez de sermos mais uma alternativa num mar de serviços de streaming".

Todos os diferentes serviços disponibilizados depois de 2013 serão assim encerrados a partir desta sexta-feira, 13 de maio, anuncia a Beatport num post do seu blogue. "Apesar de planearmos continuar a considerar ofertas para o Beatport, o proceso de leilão previamente detalhado vai ser suspendido por enquanto".

Recorde-se que a SFX Entertainment abriu falência nos Estados Unidos, em fevereiro, devido a uma série de dívidas