Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Nomeado administrador da herança de Prince. Comprimidos opiáceos encontrados em Paisley Park

As autoridades estarão a tentar perceber se a morte de Prince se deveu à ingestão daqueles medicamentos

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

As autoridades que se encontram a investigar a morte de Prince encontraram, na propriedade do músico, comprimidos opiáceos.

A notícia é avançada pela CNN, citando fontes não identificadas das próprias autoridades.

A CNN e outros órgãos de comunicação social avançaram também que a autoridade norte-americana que regula o controlo de substâncias medicamentosas e outras (Drug Enforcement Administration) está a participar na investigação.

As autoridades estarão a tentar perceber se a morte de Prince se deveu à ingestão daqueles medicamentos e se os mesmos tinham sido prescritos pelo médico.

Segundo o TMZ, o primeiro site a dar a notícia da morte de Prince, o músico terá tudo uma overdose de analgésicos opiáceos dias antes de morrer.

Entretanto, um juiz de Carver County, no Minnesota, determinou que a fortuna de Prince, estimada em centenas de milhões de dólares, seja administrada por um banco.

A decisão foi tomada a pedido da irmã de Prince, Tyka Nelson, que informou o tribunal de que há anos que a Bremer Trust é responsável por gerir os bens do cantor.

Caberá assim à Bremer Trust gerir a sua gerança e determinar quem serão os seus herdeiros, decidiu o juiz.