Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Angus Young sobre sucesso dos AC/DC: “Também é preciso ter sorte”

Com regresso a Portugal a 7 de maio, Angus Young falou à BLITZ em novembro de 2014, então em promoção de Rock or Bust. Recorde aqui parte da entrevista

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Angus Young e Cliff Williams deram uma entrevista à BLITZ, em Düsseldorf, na Alemanha, em novembro de 2014.

Na altura em promoção do álbum Rock or Bust, os AC/DC tinham acabado de ver o seu baterista, Phil Rudd, detido por ameaça de morte e posse de drogas.

A conversa passou antes pelo novo disco, pelos planos de digressão e pelas passadas glórias da banda.

Sobre o sucesso de Back in Black (1980), o segundo álbum mais vendido de sempre e primeiro com Brian Johnson na voz, recordou Angus Young:

"Quando fazes alguma coisa, esperas que a mensagem passe e desejas causar um impacto. Mesmo com o Back in Black, demorámos bastante tempo para atingir o sucesso. Na verdade, foi preciso um par de anos! Eu soube que estava a ter sucesso porque, quando acabámos a digressão do álbum, alguém na Austrália me disse: "sabes que o disco vendeu uns dois milhões de cópias?". E eu: "ah, que bom!". Fiquei muito impressionado. E ele: "tu não estás a perceber bem, isso foi só em Los Angeles!". (risos)»

«Eu fiquei mesmo estupefacto. Mas às vezes também é preciso ter sorte, ou apanhar o momento certo. Nessa altura [1980] a música tinha passado pelos anos do do disco sound, e de repente a coisa muda para a música rock outra vez. Nós tivemos muita sorte, porque aparecemos com esse álbum no momento certo».

Os AC/DC regressam a Portugal a 7 de maio, para um concerto no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Na voz, em subsituição de Brian Johnson, virá Axl Rose.