Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Pearl Jam (também) cancelam concerto na Carolina do Norte

A banda juntou-se a Ringo Starr, Bryan Adams e Bruce Springsteen no boicote àquele estado norte-americano

Tal como Bruce Springsteen ou Bryan Adams, os Pearl Jam cancelaram um concerto que tinham marcado na Carolina do Norte. A banda insurgiu-se contra uma lei anti-LGBT recentemente aprovada naquele estado.

Os Pearl Jam, que deveriam subir amanhã ao palco da PNC Arena, em Raleigh, disseram através do seu website oficial que a nova lei "é um pedaço de legislação desprezível que encoraja a discriminação contra um grupo inteiro de cidadãos americanos".

No mesmo comunicado, a banda diz ter comunicado com grupos pró-LGBT locais, os quais ajudarão monetariamente de forma a combater a lei.

Recorde-se que a lei, conhecida nos E.U.A. como HB2, proíbe indivíduos transgénero de utilizar a casa de banho pública que corresponda à sua identidade de género, assim como proíbe os municípios do estado de aprovarem leis anti-discriminação.

Veja aqui o comunicado dos Pearl Jam: