Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

As homenagens a Ary dos Santos sucedem-se: veja as novas datas da digressão

"Ary O Poeta das Canções" continua na estrada, com algumas das canções mais emblemáticas do autor

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

A digressão Ary O Poeta das Canções, na qual um grupo de cantores e dançarinos recorda temas como "Desfolhada Portuguesa", "Cavalo à Solta", "Tourada", "Estrela da Tarde", "Um Homem na Cidade" ou "Lisboa Menina e Moça", continua a chegar a várias localidades portuguesas.

A 23 de abril, o espetáculo estará na Casa das Artes e Cultura do Tejo, em Vila Velha de Ródão, pelas 21h30; a 24 do mesmo mês, chega ao Auditório Municipal de Albufeira, à mesma hora; a 25 de abril pode ser visto no Cine-Teatro Municipal de Serpa, às 18h, e a 30 de abril na Casa das Artes de Arcos de Valdevez, às 21h30.

Além das canções, que contemplam ainda "Canção de Madrugar", "O Cacilheiro", "O Homem das Castanhas" ou "Os Putos", o espetáculo faz-se de momentos de dança e multimédia, numa "aproximação contemporânea, do século XXI, a uma obra clássica do século XX", pode ler-se no comunicado de imprensa.

Do elenco fazem parte Joaquim Lourenço (ex-cantor e ator da Broadway e off-Broadway), o pianista João Guerra Madeira, o contrabaixista João Ricardo Almeida, Nanã Sousa Dias (saxofone e flauta), Pedro Amendoeira (guitarra portuguesa), a bailarina Catarina Gonçalves e Filipe Trigo e Renato Grilo (realizadores, designers e VJs).

Entretanto, a 30 de setembro será editado um disco deste projeto, a apresentar ao vivo em Lisboa em outubro.

Desaparecido em 1984, aos 46 anos, Ary dos Santos ficou na história da música portuguesa por ter escrito os poemas de quatro canções que venceram o Festival RTP da Canção: "Desfolhada Portuguesa" (1969), cantada por Simone de Oliveira, "Menina do Alto da Serra" (1971), por Tonicha, "Tourada" (1973), por Fernando Tordo, e "Portugal no Coração" (1977), pelo grupo Os Amigos. Os seus poemas continuam a ser cantados, até hoje, por numerosos intérpretes.