Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Father John Misty

Father John Misty tomou LSD num concerto de Taylor Swift. E relata a experiência “perturbadora”

O músico diz que a experiência o inspirou a fazer o vídeo para "Freak", de Lana Del Rey

Father John Misty falou, recentemente, sobre uma das maiores experiências que já teve: assistir a um concerto de Taylor Swift sob o efeito de LSD.

Numa entrevista à Rolling Stone, o músico norte-americano descreveu a experiência como "santa" e "perturbadora": "Ela emprenhou a minha alma com a sua ideologia", disse.

A história passou-se em Melbourne, na Austrália, tendo o cantautor sido convidado a assistir ao espetáculo de Swift após encontrar a equipa da cantora num bar. "Pedi ao meu tour manager que me arranjasse ácido. Estava escrito nas estrelas: 'tenho de meter ácidos neste concerto da Taylor Swift'", relatou.

Ainda que, segundo o próprio, FJM tenha experienciado o concerto "como se fosse uma miúda de oito anos", o músico comparou Swift a um qualquer líder de uma seita religiosa.

"Era um aspecto muito perturbador: a insistência em dizer às raparigas 'eu sou normal, não deixes que te digam o que deverás ser', enquanto nos ecrãs há imagens dela com 20 metros", contou.

"Se quisesses curar um evento com o Grande Líder, é isto que farias. É um 'normal' muito falso, e isso é perigoso", concluiu. Segundo Father John Misty, a experiência levou-o a idealizar o vídeo para "Freak", tema de Lana Del Rey no qual também foi protagonista.