Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Vivendi compra 15% da Fnac

O grupo francês, detentor da editora Universal, anunciou a aquisição de uma parte substancial do capital da Fnac por 159 milhões de euros

O grupo francês Vivendi anunciou a aquisição de 15% do capital da Fnac por 159 milhões de euros, transformando-se no segundo maior acionista desta empresa de venda de bens culturais, a seguir à família Pinault.

A operação, que terá de ser ainda aprovada pelo acionistas da Fnac, empresa com negócios também em Portugal, deverá ser concretizada através de um aumento de capital com o objetivo de "desenvolver um projeto inovador, criador de valor a longo prazo", adiantou a Vivendi em comunicado.

O grupo de media francês, que passará a poder nomear dois membros do Conselho de Administração, entra assim no capital de uma empresa "líder em França", mas também presente em Portugal, Espanha, Brasil, Bélgica, Suiça, Marrocos, Qatar e Costa do Marfim, prossegue o comunicado.

A família Pinault, proprietária do grupo de produtos de luxo Kering, é a principal acionista da Fnac, controlando um terço do capital através do seu consórcio Artemis.

Esta nova aquisição da Vivendi vai acontecer após ter estabelecido acordos com a Telecom Italia e com a Mediaset, junto das quais pretende competir com a norte-americana Netflix na distribuição de conteúdos televisivos através da internet.

Lusa