Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Morreu Gato Barbieri

Saxofonista argentino que venceu um Grammy pela música para o filme O Último Tango em Paris tinha 83 anos

Gato Barbieri, saxofonista argentino, morreu no sábado, em Nova Iorque, aos 83 anos.

O músico não resistiu a uma pneumonia, pouco tempo depois de ter sido submetido a uma cirurgia motivada por uma trombose, segundo informou a esposa, Laura Barbieri.

Ao longo de meio século, gravou mais de 35 álbuns, sendo especialmente notado o Grammy que venceu em 1973 para Melhor Composição Instrumental, graças ao trabalho que desenvolveu para a banda-sonora de O Último Tango em Paris, filme de 1972 realizado por Bernando Bertolucci e com Marlon Brando e Maria Schneider nos papéis principais.

Leandro José Barbieri, nascido em Rosário, na Argentina, a 28 de novembro de 1932, ganhou a alcunha de "Gato" na década de 50 por "saltar" de clube em clube para atuar. Em 1974 passou por Portugal para tocar no Cascais Jazz, tendo voltado em 2001, para um espetáculo realizado no Tivoli, em Lisboa. É assinalada a sua influência da expansão do jazz latino.

No ano passado ganhou um Grammy latino, por Excelência Musical. Poucos meses antes da morte, Barbieri continuava a tocar no Blue Note, clube nova-iorquino onde se apresentou pela última vez a 23 de Novembro de 2015.