Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Os Puddle of Mudd deixaram o seu vocalista a falar sozinho

Nova polémica de Wes Scantlin, desta feita durante um concerto no Reino Unido

Wes Scantlin, vocalista dos Puddle of Mudd, voltou a causar polémica durante um concerto da banda. Desta feita no Reino Unido, onde o grupo se encontra em digressão.

Pouco mais de um mês após ter interrompido um concerto no Ohio, acusando um fã ali presente de lhe ter roubado a casa, Scantlin subiu ao palco em Doncaster, Inglaterra, visivelmente sob a influência de álcool ou drogas.

A meio de uma interpretação de "Blurry", o vocalista chegou mesmo a cair ao chão, tendo depois saído do palco e regressado - numa altura em que já praticamente só se escutavam as vaias do público.

O concerto terminou antes da hora prevista, com a banda a abandonar Scantlin em palco, que ficou sentado numa cadeira, em tronco nu. O músico terá então dito à audiência "a minha banda desistiu de mim. Deixaram de tocar comigo, o que não é surpresa".

A organização do concerto partilhou, entretanto, um comunicado através do seu website, no qual garante que está a trabalhar com os agentes e managers da banda, no sentido de devolver parte do dinheiro do bilhete às cerca de 500 pessoas presentes na sala. "Esperamos que o Wes [Scantlin] obtenha a ajuda de que precisa, pela sua própria saúde e pela carreira de uma banda fantástica", acrescenta.

Veja aqui um vídeo de Wes Scantlin abandonado em palco, captado por um membro da audiência: