Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Rolling Stones em Cuba

Getty Images

Quem pagou o concerto dos Rolling Stones em Cuba?

Estreia da banda britânica em Cuba foi financiada por uma organização de beneficência

O concerto dos Rolling Stones em Havana, Cuba, foi financiado principalmente pela organização de beneficência Fundashon Bon Intenshon, ligada a um empresário da ilha Curaçao. O espetáculo, que aconteceu na passada sexta-feira no estádio Ciudad Desportiva, era de entrada gratuita e atraiu cerca de meio milhão de pessoas.

Recorde-se que esta estreia da banda britânica em Cuba envolveu negociações políticas de alto nível, mas o governo cubano não quis pagar os milhões necessários para a organização do espetáculo. Segundo a Billboard, o custo do concerto em Cuba rondou os sete milhões de dólares (cerca de 6 milhões e 300 mil euros).

O dinheiro não terá envolvido pagamentos à banda nem à AEG (empresa que trata da digressão) visto que quer uma quer outra dispensaram receber dividendos, mas foi necessário para pagar 61 contentores que viajaram por mar e um avião cheios de material e também uma equipa de 350 pessoas.

A Fundashon Bon Intenshon, do empresário Gregory Elias, tem como objetivo "iniciar e apoiar projetos de beneficência internacionais nos campos da educação, desporto, literacia cultural, cuidados de saúde e turismo". O espetáculo foi filmado, pelo que poderá trazer alguns lucros posteriormente.